sexta-feira, 4 de julho de 2008

Caderno de Esportes

Uma coisa que me deixa fulo (veja post "Ódios Inexplicáveis") é o caderno de esportes do jornal.
Cara, aquilo NÃO É o caderno de "Esportes". É o caderno de "FUTEBOL". Eu não entendo como os caras conseguem dar uma importância tão grande ao futebol. Tá certo que é paixão nacional e tudo, mas será que não dava pra tratar com menos estrelismo?
Você deve estar pensando "ah, esse aí não gosta de futebol". Bom, você está meio certo. Eu não gosto de futebol profissional. Os jogadores são tratados como artistas, o time como "elenco", a torcida diz "NÓS fizemos isso" (como se estivessem no campo jogando) e um jogador que não faz NADA além de correr atrás de uma bola recebe milhões de vezes mais do que o cara que tá estudando a cura da AIDS ou a existência do Acre. Pô, mano, acho isso muito errado. Fora que eu sou pé-frio e todo jogo que assisto meu time perde. E desde que eu perdi a estréia do Bleach porque meu pai queria ver o jogo, decidi não assistir mais.

Mas eu gosto sim, de jogar uma bola com meus amigos, brincar, saca? Quadras de Futsal são ótimos cenários para umas boas gargalhadas. A gente faz cada besteira. Lembro uma vez que eu joguei com o Klézio no molhado, todo mundo levou pelo menos um capote.

Mas daí eu pego o caderno de "esporte".

- Primeira página, foto e manchete enormes, "Time A ganha do Time B".
Destaque para o craque que fez o único gol. Uma tabela com notas pela "atuação" dos jogadores. Viro a página.
- Página dois, mais futebol. Uma crônica de futebol. Tabela do campeonato.
- Página três, mais futebol.

- Página quatro. Futebol. OLHA UMA PROPAGANDA DE MOTO! viva.
- Página cinco. Finalmente, luta livre e vôlei. Só pra não chamar o caderno de "Caderno de Futebol", penso.
- Página seis. Opa uma crônica! "Criticar a Seleção é..." parei de ler. Futebol. Em baixo a seleção da Rússia ou seilá o que!
- Página sete, Timão empata
- Página oito, Formula 1.


Olha só, seis das oito páginas do caderno de esporte são sobre futebol. Legal isso? Não acho.
Esses redatores deviam dar mais atenção aos outros esportes. Essa atenção excessiva ao futebol eu acho ridícula.
Fora que nesse caderno não vi nada de futebol feminino. Não sou feminista mas acho maior sacanagem o fato das garotas perderem tanto espaço pros caras. É osso isso viu.

Poizé, não posso fazer nada.
Nem quero, dá muito trabalho. v_v

Um comentário:

keh aires disse...

concordo em tudo naum eh q naum gosto de futebol soh axu q os homens naum deviam ficar brigandu pra defender tantu pessoas no caso os jogadores q eles nem conhecem q estaum ganhandu dinheiro as custas desses bestas q vaum lah assistir
asahsh
,)