segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Crítica - Futebol

Pra começar a semana de críticas a coisas super-normais que muita gente gosta e/ou faz uso... FUTEBOL! *gritos de torcida*

Sério. O Futebol é mesmo um problema.

Não vou dizer o futebol em geral... esse futebol de boa, que a gente joga com os amigos, só pra brincar mesmo, sem nada a valer, é gostoso, saudável. É legal. Eu pratico e recomendo. Mesmo não sabendo jogar bem, a gente vai lá e brinca. Não tem nada de mais, é a diversão em primeiro lugar.

Mas volte-se ao futebol profissional. Esse sim, por vezes chega ao ponto de causar nojo.

Comecemos pelos times. Há uma grande diversidade de clubes em todo o Brasil, cada um com suas cores, sua bandeira, seus torcedores e tal.
Por tradição, meu time é o Corinthians.
Mas veja: somente por tradição.
Mesmo porque eu acho que nunca assisti a algum jogo do Corinthians.
Eu só 'torço' pra esse time por que esse foi o legado me deixado pelos meus ancestrais (até parece sério~)
Mesmo porque eu demorei muuuuito a ser apresentado a outros times ¬¬ quando eu era pivete eu pensava que só existiam três times: Corinthians (que me foi apresentado como o time 'do bem'), Palmeiras (naturalmente o time 'do mal' por ser o rival) e o São Paulo (time do qual eu pouco conhecia mas devia estar do lado maligno também). Demorei alguns ANOS para descobrir a existência do Santos, Grêmio, A.D São Caetano (esse eu simpatizo um pouco por ser o time da minha cidade - mas mesmo assim, é só eu pensar em torcer que ele perde) e outros times dos quais eu não estou a fim de me esforçar pra recordar.

Mas no fundo eu não tenho interesse em assistir a qualquer jogo

Mesmo porque, depois de pensar um pouco, eu comecei a achar simplesmente ridículo.

Sim, o futebol profissional é ridículo.

E sim, de certa forma suas torcidas também.

Não querendo insultar, mas já que eu já comecei, será que nenhum torcedor já se perguntou 'por que' torce pra algum time? Quero dizer, qual é a santa graça de assistir (ou melhor: PAGAR pra assistir) um monte de jogadores que difícilmente conseguem construir uma frase complexa correndo atrás de uma bola? Simplesmente porque eles são profissionais, ou seja, "jogam melhor" do que quem assiste?

Eu simplesmente não saco. Ainda se fosse um espetáculo artístico, mas não é.
Claro, alguém vai falar que futebol é 'arte'. 'Emoção', claro, tudo pode acontecer em um jogo.

Tanto que, se um time perder, muitas vezes a sua torcida vai querer encrenca com a do outro time.

Isso eu desprezo. É o ponto mais bestial e irracional que o ser humano conseguiu chegar. Brigas de torcida. É pior do que guerras de gangues, guerras religiosas, ou qualquer outro tipo de conflito. Simplesmente porque NÃO tem fundamento. Pense comigo: os caras vão, entram em campo, jogam e pronto. O jogo acaba, nada de bom ou ruim para a sociedade aconteceu, foi um ato simplesmente efêro. Inútil. E claro, quem joga bola recebe fortunas a mais do que aquele cientista bem-intencionado que busca a cura da AIDS ou a existência do Acre.
Mas retornando ao assunto: as torcidas ficam furiosas e, apoiadas em uma crença num time qualquer sobre um acontecimento efêmero, se enfrentam, brigam, xingam e o escambau, por vezes acabando com mortes, simplesmente porque seu time não jogou como devia.

Nojento, ridículo, desprezível.

Eu te peço pra citar pelo menos três pessoas que idolatram seus times. Suponho, você terá bem mais de três exemplos.
Talvez não sejam dos torcedores citados anteriormente, mas podem ser daqueles que não perdem nem um jogo do seu time, tanto do time 'oficial' como um amistoso que os reservas jogaram, os caras do sub-20 que foram praticar no interior, etc e tal.
Pessoas assim gastam seu tempo e dinheiro pra ver outros jogarem. Claro, compram camisas, bonés, bandeiras, entradas para os jogos ou simplesmente assistem pela TV.
Eu não tenho poder nem autoridade pra dizer quem pode fazer o que, mas eu vou dar a minha dica.
Esse tempo e dinheiro com certeza poderia estar sendo usado para coisa melhor.
Aí pense você o que o torcedor poderia estar fazendo. Sei lá, arrumando a casa, ajudando alguém, fazendo caridade, ou quem sabe indo à igreja em vez de ver o jogo no domingo à noite. (Não quero bancar o cara que dá sermão, mas eu realmente acho que ter uma fé é algo recompensador - mesmo porque a muitas pessoas são criadas dentro de uma religião e não as exercem por preguiça - ou só pra assistir o jogo. Mas a fe é assunto para outro post).

Copa do Mundo. Aêêêê... todo mundo tenta, mas só o Brasil é penta.

É engraçado como esse país roda em volta de futebol em época de copa.
Estabelecimentos fecham mais cedo pra assistir aos jogos, aulas param (não que isso seja ruim xD mas eu ainda acho que é dar um passo atrás) instalam-se telões pela cidade, compram-se camisas oficiais (eu ganhei uma do Ronaldinho Gaúcho e eu ainda tô pensando o que eu vou fazer com ela ~já que eu a desprezo) - o país pára, pra assistir ao jogo.
Pra assistir o Brasil.
Legal.
Mas só uma coisa...
Por que não é assim sempre???
Engraçado, o povo só é patriota em época de copa!
O povo só gosta realmente do seu país quando ele está sendo representado por um time de futebol!!!

Engraçado isso! E com um pouco de filosofia, eu posso dizer que eu também acho ridículo!

Não vou dizer que eu não assisti a jogos da Copa - porque seria mentira.
Mas eu realmente, depois de pensar sobre, não sei se vou acompanhar novamente.

Eu já escrevi em outro post uma indignação minha sobre o futebol no jornal. Quer dizer, o Caderno de Esportes poderia muito bem se chamar de "Caderno de Futebol", já que é tudo futebol, menos a ultima folha e uma propaganda de fraldas aqui ou ali...

O futebol profissional é cercado de sensacionalismo. Na minha opinião é muito valor dado para pouca importância. Artes, história, literatura e mais coisas interessantes poderiam estar sendo aproveitadas, enquanto o futebol é pesadamente apreciado.

Na verdade, qualquer tipo de esporte é assim. É engraçado como os esportes femininos ou de deficientes - esses sim, demonstrando que superaram seus limites - são bem menos assistidos.

Mas é, as coisas são assim. Eu realmente acho que nesse ponto, nosso emergente país dá um passo atrás.

E nessa hora eu admiro alguns amigos meus que são 'afutebolísticos' - a citar, Rii-chan e Ale-kun (que por acaso não lêem o blog mas tanto faz, eles merecem meus parabéns).

Para concluir...

- Torcedores, tragam suas pedras.

3 comentários:

CaBeLo disse...

Eu assino em baixo, tudinho o que vc disse.
Código para postar: wolatis

Bruno/K-2 disse...

Assino EMBAIXO. xD
Mas msm assim, de vez em qse nunca gosto de assistir algum jogo na tv, ou deixar ela ligada num jogo enquanto to no pc. :B
Fora isso... Não jogo e não pagaria um centavo pra assistir, primeiramente pq não vejo graça no esporte, se fosse baseball eu seria fanático, mas no Brasil não tem baseball... D: Segundamente (sei que essa palavra provavelmente não existe xD) Pq concordo com oq vc falou, perca de dinheiro, de tempo, e o salário de um jogador que fica correndo pra lá e pra cá é maior que o de um mangaká. u-u

Marcelo »QeJiNhO disse...

qualquer artista deve receber menos que qualquer jogador pró - e é sempre muito menos aclamado, lógico.