domingo, 7 de março de 2010

Nuvens (à noite)


Bem, essa foi uma brisada que eu tive vendo as nuvens, já tem algum tempo.

Eu sempre preferi as nuvens de dia, mas essas aqui ajudaram o bastante.

Bem, é o seguinte, você pode ver ali "claramente" (apesar da luz atapalhando do lado direito), temos um dragão.

O dragão estava entediado, coitado. Então ele desafiou a própria cauda para um jogo de cartas.

Lógico, quem não joga cartas para matar o tédio?

Hm, mas bem que isso podia ser mais interessante.

Uma aposta.

Vamos apostar?

O dragão e a cauda então resolveram jogar apostando. Apostando o que? O corpo, claro.

Jogaram, jogaram... viva, acabou o jogo.

Quem ganhou?

...o rabo.

Nessa hora o dragão ficou furioso e lançou uma labareda em direção ao rabo.
Mas regras são regras, jogo é jogo, aposta é aposta.

O dragão entendeu que perdera justamente, então se desprendeu do resto do corpo, e saiu voando.

A cauda, possuidora do resto do corpo, ria-se da cabeça perdedora.

E bem...

Depois disso eu não lembro mais muita coisa, mas a cena durou mais alguns minutos...

Só...


2 comentários:

Biel disse...

Cacildis!

Bela história : D

Bruno/K-2 disse...

Jogo é jogo... perdi.

Depois que a cabeça sai voando a calda percebe que não tem um cérebro pra mover o corpo e morre.

postcode: haptants (raptantes?)