sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Depoimento de Lucas

Ontem, a tia-do-banco-que-nem-é-tão-tia Jéssica não pode ir ao banco porque estava fazendo teste pra carteira de motorista blablabla, então, como de costume, foi um cara do backup (um substituto malandro) chamado Lucas. Car abem da hora, boa pinta e... roqueiro. Pronto, já rolou uma afinidade xD

Numa das nossas poucas duas-conversas ele disse alguma coisa mais ou menos assim, que eu resolvi registrar porque... sim.

"Cara, isso que é da hora em rock. Quem curte rock pensa! Tipo, pega um cara do punk-rock, até o cadarço da bota do cara tem um significado. Pega agora um pagodeiro, o cara não faz nada, não pensa em nada, não tem opinião..."

Com preconceito musical oks? E sem vergonha porque realmente a música no Brasil tem sido muito depreciada atualmente. E eu concordo com tudo o que o Lucas disse: Rock'n'roll não se trata de 'barulho'. Se trata de atitude e pensamentos escritos. É uma música inteligente. Logo, que curte rock acaba seguindo a cultura, e reflete. Simplesmente reflete. O contrário também é verdade: muitas pessoas que pensam curtem rock. E quem curte rock, pensa.

Pense.

4 comentários:

Lu disse...

Mas só se estivermos falando do rock de verdade.
Porque o rock poser, rock emo, sinceramente... Acho que vai contra os príncipios do rock, sei lá, é algo da moda, da mídia. A mídia nos deixa alienado. Alienados pensamos menos. Então essas porcariazinhas de NxZero, Fresno, que querendo ou não, são rock, vão totalmente quanto aos príncipios defendidos antes~
Mas enfim, talvez seja preconceito meu e_e

Bruno/K-2 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcelo »QeJiNhO disse...

Respeito sua opinião K-2, mas vou ter que deletar o comentario por conter ofensas, espero que entenda

Anônimo disse...

Qualquer ser humano pensa, independente do estilo músical que ouve.cr